Tenho Horror!!!

Desabafos, lamentos, alegrias, palhaçadas... de tudo o que é feita a minha vida!!! tenhohorror@gmail.com

Wednesday, November 30, 2005

Tenho horror a... nem sei a quê!

E como este poema me faz lembrar o natal... e como o astral não é dos melhores...( pelo menos por enquanto), aqui fica!

Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim.

É talvez a ventania:
mas há pouco, há poucochinho,
nem uma agulha bulia
na quieta melancolia
dos pinheiros do caminho...

Quem bate, assim, levemente,
com tão estranha leveza,
que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía
do azul cinzento do céu,
branca e leve, branca e fria...
- Há quanto tempo a não via!
E que saudades, Deus meu!

Olho-a através da vidraça.
Pôs tudo da cor do linho.
Passa gente e, quando passa,
os passos imprime e traça
na brancura do caminho...

Fico olhando esses sinais
da pobre gente que avança,
e noto, por entre os mais,
os traços miniaturais
duns pezitos de criança...

E descalcinhos, doridos...
a neve deixa inda vê-los,
primeiro, bem definidos,
depois, em sulcos compridos,
porque não podia erguê-los!...

Que quem já é pecador
sofra tormentos, enfim!
Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dor?!...
Porque padecem assim?!...

E uma infinita tristeza,
uma funda turbação
entra em mim, fica em mim presa.
Cai neve na Natureza
- e cai no meu coração.

Balada da Neve- Augusto Gil

Tuesday, November 29, 2005

Tenho horror a... não saber!!!

É estranho! Gostamos, não gostamos... Como é que podemos gostar se não conhecemos? Como é que podemos gostar se não sabemos de quem se trata? Gostamos?... Não gostamos?
Estamos entusiasmados e depois passa? E se não passa?... Mas e se passar?...
Mas afinal... gostamos ou não?

Monday, November 28, 2005

Tenho horror a... Pai Natal!!!

Já não bastava termos que "levar" com pais-natal nas lojas, nas ruas e em tudo o que é lado tinhamos também que os ver em tudo o que é casa!
Está bem que é Natal! Está bem que se decorem as casas com árvores, presépios, luzinhas que piscam, azevinho... mas os pais-natal agarrados à escada por fora de casa... os pais-natal quase em tamanho real (imaginando que o pai natal na realidade existe e é um "gajo" normal!)que estão semanas a fio, ao frio, à chuva agarrados a uma escada por fora das casas... (e que dá-me ideia que no final da época festiva devem estar putrefactos!)Para que é que servem? Eles andam aí e são mais que as mães!!
Eu acho que isto está mal! Acho que é enganar as pessoas e principalmente as criancinhas... é que o gajo fica ali, não sobe nem desce, e principalmente, não tem nada dentro do saco! Nada! Nem um chocolatinho, nem um boneco a pilhas e nem carvão para quem se portou mal!!
E o pior, sim, o pior é que, na minha opinião, fica ridículo e normalmente têem sempre "gambiarras" cheias de luzes à volta, para que não passem despercebidos a ninguém... Não acho normal!...
Obrigada Tiago, sem a tua ideia, nada disto seria possivel!!

Tenho horror a... nervos!!!

Às vezes apetece-me mandar as pessoas para o raio que as parta!! Eu juro que tenho paciencia, ou, pelo menos tento com os colegas de trabalho... é que trabalhar só com homens não é nada fácil... tem o lado bom que me tratam bem, mas por vezes, vão-me aos nervos! Hoje tem sido demasiado!! "Ana, já me fizeste aquele orçamento?"..."Tenho aqui mais unzinho para fazeres", depois de estar tudo pronto, lindo, feitinho... "É verdade, esqueci-me de te dizer que este leva desconto, ah, e no outro enganei-me na cor..." E com isto vão deixando os copos de plástico em tudo que é lado, as canetas, os cigarros acesos pousados não-se-sabe-bem-onde, as cadeiras no meio das passagens.. e eu entro e saio do sistema para corrigir mais isto, mais aquilo... Vou à casa de banho.. restos de pasta de dentes na pia!! FICO LOUCA!!!.. volto "olha Ana, este orçamento que fizeste, épá, anula... não era nada disto que o cliente queria..."
QUEREM DAR COMIGO EM LOUCA?...

PS- Paulo, já sabes, que nada disto é contigo!!!...

Tenho horror a... não ter ideias!!



E como hoje, a minha cabeça está pior que o chapéu de um trolha, deixo, para já, aqui esta foto linda do "meu" porto!!

Friday, November 25, 2005

Tenho horror a..."o que é que estás aqui a fazer?"

É engraçado encontrarmos gente que não vemos há muito tempo, mas a verdade é que, depois de não nos encontrarmos, nem falarmos, nem termos qualquer tipo de contacto durante tanto tempo, as conversas (nem lhes podemos chamar isso), são um grande incómodo!
Na sexta-feira passada tive que ir ao banco, quando estava na fila encontrei um antigo colega de escola que se apressou em me dizer "Olá! Então? O que estás aqui a fazer?"... bom, eu estava no banco e ele também "Vim aqui jogar matrecos e tu?", levei com um olhar de reprovação, um sorriso amarelo..."eu vim aqui ao banco!"...Não! Ao banco??´"'tás a gozar.."... e passou-se, não havia conversa possivel e lá me vim embora! Ontem quando estava a tentar adormecer lembrei-me destas conversas estranhas que mantemos com as pessoas, quando, por exemplo, chegamos mais cedo ao trabalho... "já chegaste?"... e o que é que dizemos? "Não, ainda estou em casa a dormir, sou um holograma", e como estas outras "Por aqui?"... "Não, eu estou ali no café, não me vês lá?"..
Mas o que é isto? porque não um "olá estás boa? Há quanto tempo não te via...". Qualquer coisa deste género! A que eu mais me vai aos nervos é "o que é que estás aqui a fazer?"... para além de tudo... ALGUÉM TEM ALGUM COISA COM ISSO?...

Thursday, November 24, 2005

Tenho horror a... não partilhar!

Nunca deixei aqui letras de músicas como vejo em blogs que vou passando o olho!!
Ontem estive a ouvir esta música... gostei tanto! Vou deixar aqui a letra... vale a pena! Apeteceu-me partilhar!

Oh, come on, come on, come on, come on!

Didn't I make you feel like you were the only man -yeah!
Didn't I give you nearly everything that a woman possibly can ?
Honey, you know I did!
And each time I tell myself that I, well I think I've had enough,
But I'm gonna show you, baby, that a woman can be tough.

I want you to come on, come on, come on, come on and take it,
Take it!
Take another little piece of my heart now, baby!
Oh, oh, break it!
Break another little bit of my heart now, darling, yeah, yeah, yeah.
Oh, oh, have a!
Have another little piece of my heart now, baby,
You know you got it if it makes you feel good,
Oh, yes indeed.

You're out on the streets looking good,
And baby deep down in your heart I guess you know that it ain't right,
Never, never, never, never, never, never hear me when I cry at night,
Babe, I cry all the time!
And each time I tell myself that I, well I can't stand the pain,
But when you hold me in your arms, I'll sing it once again.

I'll say come on, come on, come on, come on and take it!
Take it!
Take another little piece of my heart now, baby.
Oh, oh, break it!
Break another little bit of my heart now, darling, yeah,
Oh, oh, have a!
Have another little piece of my heart now, baby,
You know you got it, child, if it makes you feel good.

I need you to come on, come on, come on, come on and take it,
Take it!
Take another little piece of my heart now, baby!
oh, oh, break it!
Break another little bit of my heart, now darling, yeah, c'mon now.
oh, oh, have a
Have another little piece of my heart now, baby.
You know you got it -whoahhhhh!!

Take it!
Take it! Take another little piece of my heart now, baby,
Oh, oh, break it!
Break another little bit of my heart, now darling, yeah, yeah, yeah, yeah,
Oh, oh, have a
Have another little piece of my heart now, baby, hey,
You know you got it, child, if it makes you feel good

Janis Joplin

Tenho horror a... anos 80!!!

Enquanto conversava com a Cucha faziamos zapping... parámos no VH1 Classics, mas entretanto tirámos o som porque estavamos a ouvir outras músicas que eu tinha para lhe mostrar! Eis senão quando olho para a televisão e fico petrificada, de olhos comletamente esbugalhados a olhar para um teledisco que estava a passar nesse preciso momento... datava de 1985, Simple Minds (não me lembro agora do nome da música, mas também não interessa para o caso!), casacos com ombreiras enormes de cor prateada, branca e alguns até tipo cortinas dos anos 20, penteados da moda com palas e enrolados, óculos de sol tipo montras, calças de riscas bem justinhas ao corpo, efeitos especiais de fujir a sete pés, e, finalmente (last but not the least!), uma senhora qual Grace Jones, mas em mulher, com lábios pintados em cor-de-rosa e toda ela vestida desta cor...
Das duas uma, ou estes gajos batiam muito mal, ou a moda dos anos 80 era mesmo do piorio... (ainda não consegui superar as montras dos senhores... tenho para mim que até viam a dobrar!!!)

Wednesday, November 23, 2005

Tenho horror a... músicas de natal!!!

Anda tudo doido com a chegada do Natal. Na televisão, já levamos com anuncios todos os dias, de novas barbies com asas, pinturas e vestidos da última moda, jogos de computador e de playstation que nem sequer precisas de comando ou Joystick (o que eu gosto desta palavra!!!) basta apenas fazeres figura de parvo em frente à televisão, campanhas de telemóveis de última geração com preços atractivos, automóveis que compras agora e começas a pagar algures em fevereiro do próximo ano, televisões, leitores de DVD, enfim, uma parafernália de coisas que não lembra ao diabo. Confesso que é bom saber de algumas destas coisas, assim as prendas para os sobrinhos ficam tratadas!!... Mas a verdade, o que me vai aos nervos de uma maneira quase incontrolável, são as músicas de natal... que em todo e qualquer estabelecimento tocam sem parar... não consigo! Não aguento! Dá-me vontade de começar a partir tudo e matar pessoas com requintes de malvadez... ou até, pegar nos donos das lojas (ou de quem teve a brilhante ideia de "colocar" estas músicas) e alinha-los em cima de um muro e começar a atirar tijolos mas a começar pelos pés, que é para sofrerem mais...
Não fazem ideia o que estas musicas me tiram do sério!!! Mesmo!!!

Tuesday, November 22, 2005

Tenho horror a... telesférico!!

Estava aqui completamente atulhada em trabalho quando recebo uma chamada de um cliente. Precisava urgentemente de uma visita de um vendedor. Perguntei a morada, lá ma deu, mas insistiu em explicar onde era. "deixe estar! O nosso vendedor costuma fazer essa zona, de certeza que sabe onde é!", mas ainda assim, não tive êxito e então disse-me "é na zona da Penha. onde se apanha o TELESFÉRICO!!".... SILENCIO... "Ah... o telesférico... pois... obrigada então!"
Ainda me estou a rir!!!

Tenho horror a... acordar cedo!!!

Ontem não sei o que tinha, aliás, sei, tinha muito sono... Estive a ver um filme, mas não sei como acabou, acordei às 2 da manhã toda torta a dormir no sofá e lá fui para a cama, mas tenho perfeita noção que ainda dormi umas horas no sofá! Arrastei-me até à cama, (só não fui a gatinhar, porque nem sequer me lembrei que poderia fazer isso...), atirei-me para a cama e ali fiquei... Tenho a sensação de acordei exactamente na mesma posição que adormeci.. tocou o despertador, calei-o, tocou outra vez, calei-o outra vez, comecei a praguejar "é por estas e por outras que há delinquentes, acordar cedo não faz bem a ninguém... dizem que cedo erguer dá saúde e faz crescer... ah! tretas!! Fica mas é tudo doido!..." e por aí fora!! Mas garanto que não ficou por aqui... debaixo do chuveiro tentava cantar, mas os grunhidos que me saíam boca fora até a mim me assustavam, não estava fácil!
Saí de casa! Trânsito. Insultos à minha moda, que não convém repetir não vá chocar as pessoas!
Detesto acordar cedo, não tenho um sorriso despenteado e remelento pela manhã, tomo o pequeno almoço sozinha... não gosto!!

Monday, November 21, 2005

Tenho horror a... não falar!!

Porque é que temos tanta dificuldade em dizer às pessoas o que realmente pensamos delas? Sem rodeios?
Porque é que quando gostamos das pessoas o dizemos "és um querido!", "és um amor", "sabias que és o máximo?", "és do melhor!", mas, quando há alguma coisa que não nos agrada nas ditas não lhes dizemos "és uma besta!", "és parvo todos os dias, até ao domingo", "se não fosses um energúmeno o que é que gostavas de ser?", ou até, a que eu mais gostava de dizer "Oh imbecil... estrelinha que te guie! Espero que a gaja que fique contigo tenha bigode, gangrenas, seja careca e só com dois dentes e pelos nas pernas e nas axilas, que cheire mal e não saiba cozinhar, que te trate a pontapé e use roupa interior de gola alta, e que palite os dentes... e...e..". Porque é que em vez de fazermos isto, dizemos antes por meias palavras, numa de não-melindrar-a-pesssoa! Se aquela determinada pessoa não nos desperta grandes sentimentos afectuosos, porque é que não a queremos melindrar... uma vez que se nos torna perfeitamente indiferente o que pensa de nós, afinal não queremos qualquer tipo de convívio com ele(a). Não percebo! Porque é que, se pudessemos ainda lhes atiravamos com uma granada e viamos satisfeitos as pessoas desfazerem-se em milhões de pedaços, e não lhes conseguimos dizer "desampara-me a loja!"?
Será defeito meu?... Deve ser....

Tenho horror a... ter sono!!!

Tenho sono, não consigo lembrar-me de nada para postar! Vou tomar café!

Friday, November 18, 2005

Tenho horror a...espera!!!

Ontem tive que ir ao médico, a consulta estava marcada parà as 16... Saí da Maia às 15.30h e cheguei ao Porto perfeitamente a horas... Como é normal, lugar para estacionar perto do consultório era mentira, lá tive que deixar o carro nos quintos. Aproveitei que ainda tinha que caminhar um bom bocado e muni-me do meu leitor mp3, Numb dos Linking Park a rasgar e aí fui eu! (Não sei porquê, senti-me "poderosa!"). Assim que chego ao consultório, a assistente diz-me "está um bocadinho atrasado" e eu "atrasado...meaning..???" e como resposta "entrou agora o paciente deas 14.30h!".... Ah! Está só um bocadinho atrasado, coisita pouca!!! Que grande chatice! E agora o que é que vou fazer?... Aproveitei para ir à Petúlia lanchar e comer um dos seus famosos croissants a acompanhar um chocolate quente!! Voltei para o consultório! Os Linking Park sempre no seu melhor.. senti-me observada pelas pessoas que estavam na sala de espera, mas tô nem aí, tô nem aí.. finalmente chegou a minha hora, lá fui e correu tudo bem (ainda não foi desta que saí de lá com uma camisa de forças!!). Tive que ir à farmácia, aproveitei, e para matar saudades e comprei castanhas dos senhores que as vendem na rotunda da boavista... Que bem que me souberam!!
Enquanto voltava para o carro ia a pensar que, não há melhor que um bom som para nos abstrairmos de tudo que acontece à nossa volta!! A hora de ponta, o mau humor das pessoas, as conversas alheias... os atrasos das consultas médicas... enfim!! Estou bem disposta hoje!

Thursday, November 17, 2005

Tenho horror a.. não perceber os homens!!

Não percebo nada disto... acho que o mundo anda muito mais depressa que eu, ou então eu parei no tempo! Dantes (não sei "precisar" há quanto tempo), sabia-se que se começava a namorar quando alguém nos dizia "queres namorar comigo?", ou "queres ser a minha namorada?", ou até "o que me dizias se eu te perguntasse se querias namorar comigo'", e pronto, apartir daqui estava tudo certo, "tu és o meu namorado e eu sou a tua namorada"... e namorávamos, andávamos de mão dada, iamos para todo o lado juntos, ronronávamos, discutiamos a faziamos as pazes, discutiamos e faziamos as pazes, faziamos as pazes, faziamos as pazes outra e outra vez (paz paz paz...), e pronto!
Agora tudo me parece diferente, nunca se sabe se namoramos ou não, se cumprimentamos o companheiro de beijos, abraços e pazes com um beijo na cara, na testa, na boca, se com um passou-bem, se só com um "olá! 'Tás bom?" e acenamos com a mãozinha tremeliquenta... não sei! Ninguém pergunta nada a ninguém, ou porque não convém, ou porque o-melhor-é-continuar-assim-não-vá-esta-gaja-ser-uma-melga, ou porque temos medo da resposta (um NÃO redondo!!! ou até um SIM quando não estamos para aí virados, de todo!), não saimos juntos, não vamos jantar fora, nem ao cinema, nem ver um jogo de futebol, nem almoçar, nem jogar matrecos, nem bowling, nem bilhar, nem ficar horas a fio a fazer desabafos,nem sair à noite e embebedarmo-nos juntos, nem tão pouco as cenas magnificas de beijos e abraços numa escada rolante de um qualquer shopping... agora não há nada disto!!
Cada vez percebo menos os homens, esse bicho que tem tanto de maravilhoso como de detestável, senão vejamos, para nos conquistar têem o todo o tempo do mundo, mandam sms, ligam, ficam amuados se nesse dia não podemos estar com eles, MAS, quando conseguem o que querem e já nos conquistaram, desaparecem, assim, como quem vai comprar cigarros e não volta mais... Seremos nós mais um troféu? Seremos nós "mais uma" para o "caixote-do-lixo?".. Para que é que serviu tanto sms, tanto "liga-me amanhã para combinarmos qualquer coisa?"... Mais valia ficarem quietinhos, "SUGADITOS", assim poupavam-nos de qualquer tipo de ataque de raiva e de sessões maldizer!!... Depois somos nós as complicadas!
Homens, por favor, aquela coisita que têem do vosso lado esquerdo e que faz TUM-TUM, TUM-TUM, é suposto servir para alguma coisa, tá??
E com esta me despeço!! Não sei o que é que me deu para escrever isto agora, mas já está já está!!!

Tenho horror a... Steven Seagal!!!

Ontem quando fui para a cama liguei a televisão, enquanto lutava com as minhas almofadas a fim de as moldar à minha cabecinha, vi que na sexta-feira vai dar um filme com o Sr. Steven Seagal, outra vez!!! O que haveria a dizer acerca deste senhor??? Muita coisa, mas, infelizmente, não temos tempo, nem pachorra... O que posso dizer, é que, para além de não perceber como é que ainda dão os filmes com este protagonista e de ainda haver quem os veja, não entendo como é que ele, luta que mais luta, murros, pontapés, mortais encarpados e assim e nunca se despenteia... Aquele cabelo não sai do sítio, podia até vir uma rajada de vento aque nem um fio se movia na quieta melancolia dos pinheiros do caminho.. (bem agora baralhei-me, isto era a Balada da neve!!).
Como se viu, este senhor tira-me do sério, até me baralho!!! Porque será que ainda passam destes filmes? Porque será que para além do Chuk Norris temos também que levar com este?...

Wednesday, November 16, 2005

Tenho horror a... pessoas que não se calam!!!

Das duas uma, ou sou eu que estou a ficar velha, ou então, a minha paciência está a esgotar-se a olhos vistos... Eu explico! Dantes, quando encontrava ou tinha que falar com alguém que fala muito, nem me incomodava, a não ser que tivesse pressa, agora, simplesmente não consigo... Começo por ter uma coceirinha na testa, depois não paro quieta com as mãos (ora nos bolsos, ora a mexer no cabelo, ora a brincar com o maço de cigarros ou a chave do carro), depois disso sempre "Bem, vou então embora...", mas as pessoas NADA, continuam ali de pedra e cal blábláblá e nhónhónhó e dura e dura... Começo a tentar truques, a olhar fixamente e a pensar "estás sobre o poder da minha voz, eu agora vou falar e vai-te dar muita vontade de ir embora..",olho para o relógio de 3 em 3 segundos, intercalando com "Bem, tenho mesmo que ir embora..". Às vezes resulta, outras vezes nem por isso!
Ontem encontrei um dos meus vizinhos do 5º andar no elevador, é deste que eu fujo a sete pés, porque mesmo quando venho carregada e esbafurida e praticamente a correr, o senhor nas calmas dele "Então? Já não a via há muito tempo..." e sem eu me apercerber como já me está a contar uma história que lhe aconteceu em 1991 quando trabalhava no ramo dos seguros, passando também por aquela dia que viu o meu irmão... Ontem levei outra vez com estas histórias... acabei enconstada no elevador a bocejar e a desejar muito fortemente que lhe desse uma dor de dentes para eu poder ir para casa!!!
Mas porque e que eu dantes tinha montes de paciencia e dizia "Sim, sim, claro... hã hã, ... ai foi?? ... e doeu??... mas esse desodorisante é em roll on?.." E ficava nisto horas a fio sem sequer me incomodar, agora simplesmente não tenho pachorra!!... Enfim, a idade não perdoa... será isso?

Tuesday, November 15, 2005

Tenho horror a...falar demais!!

Cada vez me convenço mais que mais vale estar caladinha!...Passo a vida a dizer às pessoas "...Na minha casa não tenho desses problemas, não ouço nada, a não ser que os vizinhos estejam em obras e a deitar as paredes abaixo...!". ESTÁ MAL!!! Não é que eu tenho um vizinho (ainda não descobri exactamente qual é!) que tem uma bateria, sim, eu disse BATERIA e passou o fim-de-tarde de baquetas na mão?? TÁTÁ TUM TUM TUM TÁTÁ PIM TÁ... eu tentei pensar noutras coisas, por a música mais alto, ligar a televisão, tentei, até, inclusivamente, concentrar-me no ritmo da bateria... mas tudo isto foi inutil... Tive mesmo que esperar, até que o baterista se cansasse e pousasse então as suas queridas baquetas!..
Agora posso dizer-vos, acordei com dores de cabeça, que não é normal em mim, portanto, algo me diz que quando chegar a casa hoje, vou ter que ligar para o condominio... não, não vou fazer queixinhas... vou só conversar com os senhores e perguntar se está tudo bem e assim.... e pedir, por favor, PARA ME DESCOBRIREM O ARTISTA!!!

Monday, November 14, 2005

Tenho horror a ... ter que fazer!!

6ª Feira
Mãe- "Amanhã podias fazer um bolo para levares no domingo!"
Eu- "Hummm... amanhã logo vemos, pode ser?"
Sábado
Mãe- "Depois do almoço podiamos ir tomar café e depois podias fazer um bolo"
Eu- "Hã hã... vou por a mesa!"
Domingo
Mãe- "De tarde podias fazer um bolo!"
Eu- "Oh Mamã, mas porque é que está desde sexta feira com isso? Não me apetece nada estar agora a fazer bolos, não estou mesmo com vontade!"
Mãe- "Porque estás aqui sempre em frente à lareira a ler, podias fazer um bolo como era teu costume e assim tinhamos bolo para o lanche e lavavas o resto para o Porto!"
Eu- ".... Vou comprar um bolo e já venho!"

É que eu queria mesmo estar enfiada na lareira, praticamente lá dentro, é que estava tanto mas tanto frio... quem é que se lembrava de ir fazer bolos?

Tenho horror a... falar demais!!!

Estava tudo a correr tão bem... estava aqui tão sossegadinha a fazer o meu trabalho, sem me meter com ninguém... até que vem o Ricardo " Oh Ana, tens uma régua?", e eu estendi-lhe a régua, passados poucos minutos "Tens um agrafador?" e eu, para dar "aquele" aspecto disse: " O que é que eu não tenho?"... O ricardo olhou para mim com uma cara de gozo e disse: "Um namorado?"... Fiquei podre!! Estou chateada.. Caladinha fazia um discurso!!!

Friday, November 11, 2005

Tenho horror a... botox!!!

Hoje já dormi melhor e tive um sonho bem mais normal, com personagens que fazem parte do meu dia-a-dia... acho que o meu subconsciente ficou envergonhado, coitadinho, mas é bem feita!! Quem o manda dar-me cabo da cura??...
Mas adiante, era suposto ir para a Golegã, de autocaravana mas... "abort mission", nada feito! Nem Golegã, nem Autocaravana.. Vou passar o fim-de-semana a casa dos meus pais, vou tratar de mim, e, principalmente levar miminhos, não é que os não tenha levado esta semana, que a Susana e a Cucha encheram-me de mimos que eu estava doentinha, mas miminhos dos papás sabem muito bem!!!
E com isto tudo ainda não falei do que queria, que é precisamente do botox!!! Ora, este produto, que "alivia" as rugas, é muito engraçado, mas, depois de uma data de vezes de se injectar com "isto", as pessoas ficam sem expressão, ou, melhor, ficam sempre com uma e uma só expressão! Com os olhos esbugalhados, as maçãs do rosto inchadas e vermelhuscas (até parecem rosetas!!), os lábios qual Angelina Jolie... riem, choram, espantam-se, mas a expressão, essa, é sempre a mesma, como se estivessem sempre espantados, é que não é nada não é nada mas eu assusto-me!! E tenho medo!...e ... pronto!!

Thursday, November 10, 2005

Tenho horror a ...subconsciente!!!

É bom sonhar! É bom ter sonhos lindos... é uma verdade, quem não pensa assim que levante o braço... pois, bem me parecia, toda a gente concorda comigo!!... Mas e quando temos sonhos tão bons que só queremos continuar nessa vida e depois, quando acordamos... damo-nos conta que foi um sonho bom, foi sim senhor, no entanto, completamente impossivel de realizar, ainda por cima numa altura em que tentas recalcar e andar para a frente, não poderia ser o nosso subconsciente mais cuidadoso? Tipo " A gaja agora está a tentar, está a fazer um esforço, vamos ajudar e fazer com que ela sonhe, por exemplo, que lhe saiu o euromilhões.." e PLIM, eu ia dormir e sonhava que tinha ganho o euromilhões e era giro, acordava bem disposta e ia à minha vida sossegadinha, mas NÃO, NADA DISTO, o subconsciente (até ele contra mim... até tu Brutus!!) pensa doutra foma "Ai estás a tentar esquecer? Ai sim? Mas porquê? Quem mandou?? Até pensavas que eu ia deixar não era? AHAHAHAHAAHAH" E PLIM... "sonha, aproveita enquanto estás a dormir para estar bem disposta, que quando acordares é que vai ser..."... Acordo. Não quero acreditar. Praguejo. Mau humor. Praguejo.
Não posso trocar de subconsciente? Tipo, quem troca cromos???... ou assim?

Wednesday, November 09, 2005

Tenho horror a... ser enganada parte 2!!

É incrivel o que nos acontece quando estamos com gripe... Estou a dizer isto, porque no domingo tive que sair para comprar os tão-falados lenços de papel, decidi trazer uns de cor de pêssego, que era para não ser sempre tudo branco... lembro-me que quando os tirei da prateleira cheirei-os imediatamente (é que com cheiros enjoa-me!), não cheiravam a nada... toca a por no cesto!! E pronto, passou lá fui usando os lenços até que agora, agora mesmo senti que os ditos teem cheiro!! Ainda por cima um cheiro estranho tipo caramelo, adocicado... blarg!!! Portanto quando os comprei já não tinha olfacto, e assim andei até agora... enganada!! Fui enganada!!!... Será que ainda posso pedir o livro de reclamações??

Monday, November 07, 2005

Tenho horror a... estar doente!!!

... E cá continuo eu, afogada em lenços de papel, com febre, cheia de tosse... enfim, uma alegria de virus e cocktails de medicamentos!! Como companhia tive o dia todo os senhores dos andaimes que volta e meia passavam por aqui a cantarem vou levar-te comigo. vou levar-te comigo meu irmão, vou levar-te comigo, em uníssono, uma alegria portanto aqui nos meus lados!...
E como nao tenho mais nada para dizer... vou msmo voltar para o ninho que é de onde eu nunca devia ter saído!...

Sunday, November 06, 2005

Tenho horror a ... não ter sorte nenhuma parte 2!!

Não sou realmente uma pessoa de sorte, não sou mesmo e já me estou a chatear com isto! Sexta-feira à noite diverti-me, dancei até não poder mais... foi bom, mas antes de sair, comecei a ter sintomas de rinite... toca a snifar o maravilhoso pulmicort para evitar uma catástrofe! A ideia era sair também no sábado à noite, mas claro, a rinite degenerou para.. provavelmente uma gripe (espero que não seja a dos passarinhos) e fui tão somente jantar fora! O jantar foi óptimo, a companhia também (obrigada Susana e Celso) e hoje... bem, hoje estou que não posso, nao consigo respirar em condições, estou cheia de frio, dói-me a cabeça, os lenços de papel parecem não chegar para a profunda raiva do meu mariz (que já está vermelhinho, tipo palhaço!) e tosse... muita tosse!!!
Portanto aqui estou eu, sentada no meu sofá, embrulhada numa manta com milhões de lenços de papel à minha volta, ben-u-ron, broncodiazina, gotas para o nariz e um pacote de bolachas não vá eu ter fomeca! Não me parece bem este fim de tarde de domingo neste estado... e nem sei bem o que vou comer, é que não me apetece nada, mas mesmo nada cozinhar só para mim... alguma coisa hei-de arranjar!!!
Mas bom, serviu este post só para vos por a par do meu estado de saúde e partilhar convosco a minha falta de sorte!!

Friday, November 04, 2005

Tenho horror a... estado de histeria!

Já estou mais fresca, afinal, nada como boas notícias para nos tirar do estado de vegetação! Acabamos de combinar (eu e as meninas!) que vamos no próximo fim-de-semana para a Golegã, até aqui tudo bem, mas a parte melhor vem a seguir... É que, como já é quase em cima da hora, não há sítios para ficar a dormir, e os que há,... bom, não são para nós!! Teve então a Cucha uma ideia maluca de irmos de autocaravana e ficarmos "alojadas" na dita! Ao inicio era do género "autocaravana?... hummm, mas e é preciso ter carta de pesados? E para tomar banho?", depois de dissepadas e dissecadas todas as dúvidas... Vamos mesmo! Estamos completamente em estado de euforia, só de imaginar... Parecemos miúdas!! Estão os senhores ouvintes a imaginar, 4 meninas numa autocaravana autoestrada fora? Dá-me ideia que nem vamos querer sair de lá, nem sequer para ir à feira, nem sequer para ver os cavalinhos... Pronto! Já estou histérica!... Até acho que já me vai correr melhor o fim-de-semana... at least hope so!

Tenho horror a... ter sono parte 3/2!!

Hoje estou completamente a dormir em pé, bom, neste caso sentada!! Queria tanto deitar-me cedo ontem... mas... não foi possivel! Conversa puxa conversa, e era tarde como o car.. quando fui dormir! Tenho a leve sensação que mal fechei os olhos o despertador tocou! Não me pareceu bem, não me pareceu bonito, porque eu queria descansar para não ter estas olheiras que já teem lugar cativo debaixo dos meus olhos, porque afinal, hoje é o meu dia favorito, hoje é sexta-feira à noite e dê por onde der eu hoje vou dançar (Ouviste bem, Susana?). Até já sei como vou fazer, saio daqui direita para casa e... babar no sofá! Fazer uma grande sesta e fico pronta! Só espero que os companheiros de saída tenham a mesma ideia! (ouviste bem, Susana?)..
Mas para já, resta-me dizer-vos que sofro, sofro por não me poder deitar e fechar os olhos nem que fosse por meia hora, sofro porque cada minuto que passa me é mais dificil manter os olhinhos abertos sem pestanejar 386 mil vezes, sofro porque os meus pensamentos e ideias não fluem... sofro porque queria estar na minha cama a "comunicar com o além.." Enfim,... QUERO IR PARA CASA!!!

Thursday, November 03, 2005

Tenho horror a... arrumar!!

Tenho a minha casa toda dessarumada, tão desarrumada que até me está a custar ir para lá, porque me apetecia tanto deitar e babar no sofá... mas não vou poder, tenho que arrumar... que grande chatice! É nestas alturas ( e não só!!) que fico zangada por não me sair o euromilhões, ou o totoloto, ou o totobola, ou até o jogo do bicho... é que assim, tinha uma arrumadeira, uma cozinheira, um jardineiro... enfim... uma data de gente que fazia coisas chatas por mim! Era do melhor!.. Mas como não tenho sorte nenhuma, resta-me apenas e tão somente sair daqui, ir às compras de supermercado, chegar a casa, arrumar, lavar, limpar... e talvez com um bocadinho de sorte tenha tempo para giboiar no sofá por 10 minutos antes de me deitar... ffffuuuuu.. criança sofre!!

Wednesday, November 02, 2005

Tenho horror a... estar farta!!

Já passou! Já passou tudo, até já passou o feriado... Estranho é que eu, costumo gostar tanto de estar sozinha nos feriados e neste não foi bem assim... Fui almoçar com a Susana e comprar umas coisas que precisava como de pãozinho para a boca (uns cremes...), fui ver os meus sobrinhos e depois fui para casa... vi tudo o que me apeteceu na televisão, até ficar farta! Dei por mim farta de tudo, de estar sozinha, da televisão, da manta, do comando, dos cigarros, do fcp perder mais uma vez... completamente FARTA!!!.. Decidi ir para a cama para não fazer estragos... vira para um lado, vira para o outro, agora de barriga para cima, agora ponho mais uma almofada, torno a tirar que afinal não faz falta, mudo furiosamente de canais (só 4, é certo!), desligo a luz, volto a acender, confirmo pela enésima vez as horas dos despertadores, abro o livro que estou a ler, leio 3 frases e decido que não estou com pachorra para ler, fecho o livro, apago a luz e.... telefono à Susana "tou no shopping com a Cucha.." e eu" Porra! ainda não te cansaste? Apetece-me falar com alguém... mas deixa lá, amanhã falamos", viro para o outro lado, liga-me a Cucha "anda dormir lá a casa, para não ficares aí sozinha, já sei que te apetece falar.."... "tá bem... até já"... e lá fui eu... Presa no elevador, parada numa operação stop... TOU FARTA!